0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Dicas

BENEFÍCIOS GERADOS PELO USO DAS  CORTINAS E PERSIANAS

O uso de cortinas e persianas oferece proteção contra os efeitos nocivos dos raios UV (UVA/UVB) que, em ambientes residenciais e comerciais, podem queimar e danificar pisos, móveis e tapetes. Somado a este benefício, podem trazer conforto térmico e visual com a diminuição do ofuscamento causado pelo excesso de luminosidade natural.
As cortinas representam de 2% a 3% do valor total de um projeto, e em contra partida elas tem a função de proteger os outros 97-98% de produtos que foram usados no acabamento e decoração do imóvel. Desde piso, tapetes e mobília, até obras de arte mais valiosas. Mais do que todas as características técnica.

DICAS PARA O USO DE PERSIANAS

Artigo deixa o ambiente mais elegante e é uma escolha mais higiênica para proteger as janelas

Uma opção elegante, prática e, por que não dizer, mais higiênica para janelas de residências ou pontos comerciais é a persiana. Este artigo decorativo é usado também para barrar a luz direta do sol, mas sem deixar o ambiente totalmente escuro – dependendo do desenho do produto.

persdicas1

O controle de persianas geralmente é manual, mas alguns modelos motorizados já estão disponíveis no mercado, com controle remoto e tudo. Independentemente do modelo, a persiana ajuda, além de evitar que a luz natural entre em excesso, a controlar a entrada de calor no local.

Móveis, tapetes e plantas que precisam de menos luz direta dentro de um cômodo podem ter com a persiana uma proteção contra raios solares e o consequente desgaste.

As cores, os formatos e os materiais disponíveis no mercado oferecem ao consumidor um leque e tanto na hora de escolher qual modelo comprar. Alguns são feitos de alumínios, de PVC, de madeira ou mesmo de bambu. As linhas podem ser horizontais (geralmente com as lâminas de alumínio ou algum material mais resistente) ou verticais (de tecidos ou mesmo PVC).

persdicas2

Cada modelo de tecido (ou material) é usado para deixar uma determinada quantidade de luz entrar mais uniforme e a sua composição no ambiente depende do gosto de quem adquire.

> Verticais
São boas para qualquer local: residenciais e comerciais. Além dos modelos já citados, o mercado apresenta também alguns de poliéster, de juta e até mesmo de fibra de vidro anti-chamas.

> Horizontais
Mais residenciais, as mais indicadas são as feitas com lâminas de alumínio (25 mm x 16 mm de largura e espessura de 0,018mm e 0,021 mm). A maioria dos modelos são monocromáticas com cadarços e cordas feitos em poliéster.

Apresentam controle de luminosidade através de bastões cilíndricos de em acrílico transparente – aqueles que descem do lado e que muitas pessoas (como este que escreve aqui) acabam se atrapalhando na hora de tentar abrir…

> Manutenção
Antes de recolher as lâminas procure abrir totalmente sua persiana, para evitar maiores desgastes. O aspirador de pó é o mais indicado para fazer a limpeza periódica (nunca use aparelhos vaporizadores). Um espanador também faz o serviço direito.

Limpe também sempre na direção das lâminas e, em caso de dúvidas (ou medo de estragar as suas persianas) contrate empresas especializadas para o serviço.

10 dúvidas sobre cortina

capacortina 1024x685 10 dúvidas sobre cortina

Falar de cortinas é um assunto bem complexo, pois abrange diversos questionamento do tipo de acabamento, tecido e medidas; Informações importantes na hora de projetar a sua cortina, mas fique tranquila, desvendarei 10 perguntas comuns que tirarão todas (ou boa parte) das suas dúvidas. Primeiramente, devemos nos perguntarqual é a função dessa cortina?

Uma cortina pode ter várias funções, vedar a iluminação natural, trazer privacidade ao ambiente, destacar ou esconder à vista da janela, diminuir ruídos externos, filtrar os raios de sol para não estragar o piso ou mobiliário, entre outros. As cortinas “vestem” a casa e trazem harmonia estética, oferecendo aconchego aos moradores, e cumprindo um papel importantíssimo na composição dos ambientes- tornando-se um item essencial na decoração e conferindo mais exclusividade aos espaços.

Só não podemos esquecer dos demais tecidos utilizados na decoração no momento de compor a sua cortina, levando-se em conta a totalidade do projeto de Design de Interiores. Conheça os diversos modelos: retos e volumosos, leves e encorpados, básicos e requintados. Cortinas cheias de estilos!

01- Em qual etapa da decoração a cortina deve entrar?

A cortina é um dos últimos itens da decoração, após o layout e escolha de revestimentos. Assim, ficará mais fácil saber se a sua função estética é de destaque ou complemento na decoração. Por exemplo, uma cortina em frente a um sofá, não precisará de uma grande barra trabalhada, até mesmo o tamanho da cortina ficará difícil sem os mobiliários localizados no ambiente.

02- Quais são os tipos de acabamentos mais usados?

pregas4 810x1024 10 dúvidas sobre cortina

Passante de tecido-  Com um efeito decorativo, a cortina com passante de tecido é uma cortina prática na sua manutenção e bastante usada sobre persianas ou rolôs, porém, difícil de deslizar no varão.

cortina passante tecido 10 dúvidas sobre cortina

Ilhoses- Com um aspecto moderno e  jovial, bastante usual nos dias de hoje. Porém, facilmente emperram no varão e após muitas lavagens à máquina os ilhoses podem se soltar. Sua função é mais decorativa, com um efeito sinuoso.

cortina ilhos 10 dúvidas sobre cortina

Tecido inteiriço- Acabamento simples, atual e elegante, porém, tem deslizamento difícil no varão. Sua função é mais decorativa, geralmente estampados com ilustrações. O ideal é que sejam instalados em trilhos suíços.

cortina inteiriça 10 dúvidas sobre cortina

Argolas- Sempre atual e sofisticada, as argolas ficam fixadas no tecido e deslizam suavemente no varão. Existe uma variedade de cores em combinação com o varão (cromado, dourado, ouro velho, preto, branco, etc) e a decoração do seu ambiente. As argolas podem ser retiradas para lavar (dependendo da sua fixação). Outro ponto importante nesta escolha, é a diversidade de opções de pregas (macho, fêmea, americana, etc).

cortinaargola 10 dúvidas sobre cortina

Lacinho- Este modelo é muito utilizado em quartos de bebês; o tecido fica preso ao varão por lacinhos de pano (pode ser do mesmo tecido da cortina ou de outra cor). Super delicado e prático!

cortina lacinho 10 dúvidas sobre cortina

Romana-  Charmosas, elas se “encolhem” a medida que são suspensas. Podendo ser usadas sob xales, estendendo-se até o chão, com tecidos transparentes que permitem uma passagem tênue de luz, ou curtas num escritórios.

29 persianas vignette+sedafrancesa 10 dúvidas sobre cortina

Cortina romana com reposteiros de seda francesa, e uma barra elegante de 30cm.

 

Rolô- Com um efeito mais limpo e moderno, este tipo de cortina é muito utilizado para pequenas janelas de escritórios, cozinha ou home theaters com tecido blackout, que controlam a luminosidade e garantem a privacidade.

cortinarolo 10 dúvidas sobre cortina

Painel- Pode ser de tela, tecido ou lona, muito utilizado em escritórios e em ambiente modernos ou para cobrir janelões de ambientes com pé-direito alto, presos por trilhos.

cortinapainel 10 dúvidas sobre cortina

Pregas fêmea- O volume do tecido vai para trás e a cortina fica com um caimento reto.

prega femea 10 dúvidas sobre cortina

Pregas macho- O volume do tecido vem para a frente da cortina, proporcionando o caimento reto e elegante. Pode ser utilizada em varões ou trilhos ou ainda como reposteiros.

pregas macho 1024x672 10 dúvidas sobre cortina

Pregas deitadas- Seu caimento é reto e utiliza bastante tecido- 2 ou 3x a largura da cortina-, e combina bem com tecidos pesados.

Pregas americanas-  Modelo clássico, possui detalhes feitos com três preguinhas. A cortina pode ser presa no varão (com passamento de tecido ou argolas) ou trilho. É uma das pregas mais tradicionais, geralmente utilizadas como forro pelo seu belíssimo caimento.

cortinaargola 10 dúvidas sobre cortina

2-Qual é a altura indicada de uma barra?

O tamanho da barra pode variar de 10 a 40 cm,  as barras mais altas são mais sofisticadas. É recomendado seguir pelo menos a altura do rodapé. Veja modelos belíssimos de barras de cortinas:

barra3 10 dúvidas sobre cortina

Cortina de linho com detalhe em ponto palito.

barra4 10 dúvidas sobre cortina

Cortina com dois tons de linho rústico.

barra5 10 dúvidas sobre cortina

Barra de babados sutis.

cortina7 10 dúvidas sobre cortina

Barra escura em  destaque na cortina clara.

cortina8 10 dúvidas sobre cortina

Delicadeza da barra de babado com  um toque de azul.

3-A barra da cortina deve arrastar ou ficar rente ao chão?

Opte por cortinas mais longas, indo até o chão ou arrastando em quase todos os espaços. As mais curtas ficam restritas a ambientes em que não tem como irem até embaixo, como quando há um móvel sob a janela. Já a persiana, deve ter o comprimento 10 cm maior que a altura da janela. Uma boa dica é lembrar sempre de uma coisa: se as cortinas estiverem rente ao piso, corre-se o risco de aparecer algum desnível, por isso aconselha-se deixar sobra de 2 a 4 cm no mínimo. Mesmo correndo o risco de sujar mais facilmente, a cortina fica bem mais elegante quando a barra arrasta no chão.

cortina 10 dúvidas sobre cortina

4-Qual a altura do suporte?

Para a altura do suporte, o ideal é que fique o mais próximo possível do teto. Quando fixadas direto nele, as cortinas e persianas criam um efeito de amplidão no ambiente.  Porém, 20 centímetros será o suficiente da altura da janela ao suporte.

5- O que é melhor, trilho suíço ou varão?

Os trilhos suíços possibilitam movimento fácil de abrir e fechar a cortina com seus rodízios e, atualmente, estão tão discretos que pode ser usados aparentes. Mas também é muito comum que estejam ocultos em sancas ou cortineiros. Hoje encontramos no mercado o trilho suíço simples, duplo e triplo. Possibilitando  o uso de blackout, cortina e reposteiro/xale.

trilhosuico11 10 dúvidas sobre cortina

cortina6 682x1024 10 dúvidas sobre cortina

Cortina fixada no trilho suíço num cortineiro.

Os varões podem ser feitos com os mais variados materiais: ferro, aço, madeira, pintados, com pátina, etc. Para que assim combine com a cortina e ambiente em que serão colocados. Podendo também ser duplo ou simples.

varão 1024x768 10 dúvidas sobre cortina

6-Como escolher o varão e as ponteiras?

A escolha das ponteiras (que fica na ponta do varão, para segurar as argolas) e varão fica à critério daquilo que queres chamar atenção, se da cortina coloque um varão e ponteiras simples, se do varão e ponteira, capriche nos modelos. A regra básica é: se a cortina por si só já é chamativa, opte por peças mais discretas, já se o tecido for liso e discreto, então ouse no varão e ponteira!

varao 10 dúvidas sobre cortina

07- Qual modelo de cortina é adequado para janelas duplas ou portas balcão, que abrem para fora e para dentro?
O ideal é deixar 50 cm de varão a mais em cada lado. Assim consegue-se acomodar o tecido quando as portas estão abertas. Rolôs, persianas e cortinas romanas são as opções para quem não dispõe de espaço nas laterais, outra opção é  usar brises (cortinas fixadas diretamente nas folhas de vidro).

08-Quando a função do forro e quando deve ser usado?
O forro serve para proteger a cortina nos locais onde há sol em excesso, ele garante a durabilidade e beleza dos materiais sensíveis, já que os raios do sol estragam os tecidos. Geralmente, é feito separadamente e corre em trilho ou varão independente, dando a opção de abrir ou fechar quando quiser, mas pode ser costurado à cortina. Além disso, evitam que as cortinas sujem rapidamente em lugares com muita poeira/poluição. Tecidos indicados: O tergal verão, o gabardine, o brin blecautes e até persianas são usados com a função de blindar o sol.  Se a casa é escura ou possui uma bela vista, podem ser usados tecidos mais leves e transparentes, como voal, chiffon, organdi, seda leve ou gaze de linho, podendo dispensar o uso de forro.

Materiais sintéticos como o voil podem dispensar forro.

09- Qual é a largura de uma cortina?

A largura da cortina ultrapassa 20cm (mínimo) em cada lado da janela para evitar a entrada de luminosidade. Só cubra toda a extensão da parede quando sobra menos de 60cm de alvenaria em qualquer uma das laterais.

10-Qual a quantidade de tecido que eu devo comprar para confeccionar uma cortina?

”Para calcular a quantidade de tecido necessária para uma cortina não muito franzida, meça a largura acrescentando entre 20 e 40 cm para cobrir as laterais da janela. No caso de tecidos encorpados, multiplique esse número por dois e para tecidos finos, por três, para a cortina ganhar volume. O resultado é a largura total. Divida o resultado por 50 cm (pois cada altura equivale a 50 cm de largura da cortina já acabada. Exemplo: uma cortina com 3 m de largura equivale a seis alturas) e você terá a quantidade de alturas (no jargão dos cortineiros) a serem emendadas. Depois meça o comprimento, acrescentando 30 a 50 cm para a barra e a cabeça.” Revista Casa Cláudia.

Fonte: http://danietc.com.br/blog/2013/10-duvidas-sobre-cortina/

DICAS DE DECORAÇÃO

Tudo sobre persianas

Modernas, bonitas, práticas, as persianas ganharam as residências com sua variedade de modelos e materiais que formam composições muito charmosas.

visualizador     visualizador   visualizadorvisualizador

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Relacionamos as dúvidas mais frequentes e contamos tudo sobre o assunto:

1. Quais os benefícios gerados pelo uso das persianas?
O uso de cortinas e persianas oferece proteção contra os efeitos nocivos dos raios UV (UVA/UVB) que podem queimar e danificar pisos, móveis e tapetes. Somado a este benefício, podem trazer conforto térmico e visual com a diminuição do ofuscamento causado pelo excesso de luminosidade natural. No caso das cortinas celulares (simples ou duplas com formato de favos), por conta da bolsa de ar que se forma em seus alvéolos, podem ainda proporcionar um pequeno efeito acústico.
Mais do que todas as características técnicas, os atributos estéticos tornam o ambiente mais aconchegante, onde o produto cumpre a função de “vestir a janela”.

2. Quais são os tipos de persianas disponíveis e principais diferenças entre elas?
As persianas horizontais, como madeira, composite, alumínio (16mm, 25mm e 50mm), translucent e couro permitem o controle de entrada de luz através do basculamento das lâminas. Já as rolos, romanas e plissadas oferecem proteção solar, privacidade, visibilidade, luminosidade ou mesmo escurecimento total, de acordo com a escolha do tecido.

3. Quais as variáveis na escolha de persianas para cada ambiente?
A escolha ideal deve suprir as necessidades do ambiente e considerar as características de cada espaço. Para isso, é importante avaliar:
* A intensidade de radiação recebida por meio da localização da fachada (leste, oeste, norte ou sul) para definição do nível de proteção solar;
* A necessidade de privacidade em algum momento do dia, de escurecimento total ou parcial no caso de quartos e home theater;
* Avaliar a estrutura para instalação, bem como a opção por motorização das peças, com integração de sistema de automação central, responsável pelo controle de todo o ambiente.

4. Que tipos de tecidos e materiais são mais indicados para locais com grande incidência de sol?
Para locais com grande incidência de sol, são indicadas as telas solares com fatores de abertura menores, por oferecerem maior proteção.
Além da proteção solar, a tela textura, com aparência de palha natural, soma à sua funcionalidade um forte apelo decorativo.
Persianas de madeira funcionam como isolante térmico e nas cores claras, refletem mais luz e calor.

5. Quais os procedimentos e cuidados para instalação de persianas?
De forma geral, é necessário constatar se existe obstáculo no percurso de acionamento da peça como: avanço de caixilho, maçanetas, puxadores, chaves, mola guia (vidro camarão), mobília a ser instalada após a medição fina (que é feita para confirmar as medidas exatas da fabricação da peça) e em caso de sancas, confirmar se as medida de largura e profundidade acomodam o produto.
Se a instalação for dentro de um vão, é importante verificar sempre três medidas: superior, meio e inferior do vão, bem como o nível correto, para que a peça não seja recolhida desnivelada.
É preciso verificar as condições do local escolhido para produtos manuais, e principalmente motorizados, porque são feitos em medidas maiores e portanto, mais pesados. Muitas vezes, é necessário que haja reforço no cortineiro (sanca), como também cabeamento elétrico e verificação de voltagem.

6. Sobre a limpeza de persianas, quais são as vantagens?
Oferecem maior praticidade, com limpeza simples e inibição de acúmulo de poeira.
Tecidos com acabamentos em PVC, como as telas solares e alguns blackouts são totalmente laváveis e com manutenção muito simples. Outros, em poliéster, permitem o uso de pano úmido. Em sua maioria, possuem tratamento antiestático, que evita o acúmulo de poeira.

7. Quais as soluções mais adequadas para espaços com crianças?
O ideal é usar os tecidos laváveis (telas solares) ou com composição em poliéster, que podem ser limpos com pano úmido.

8. Quais as soluções para ambientes com umidade, como banheiros, cozinhas e lavanderias?
A melhor solução para esses ambientes é o rolô com tecido composto por uma camada de Teflon que repele a água. Outras opções são as telas solares ou mesmo a persiana translucent, que permite privacidade e ao mesmo tempo passagem de luz, além de resistência à umidade.

9. Quais as principais dicas de manutenção e preservação da persiana?
Alguns cuidados básicos são essenciais para manter a integridade do produto, como: aspirar o pó pelo menos 1 vez na semana ou com intervalo máximo de 15 dias; acionar corretamente cada peça conforme instruções do manual; fazer, ao menos uma vez no ano, lavagem profissional por revenda autorizada e manter janelas ou portas fechadas quando a persiana estiver aberta.

visualizadorvisualizadorvisualizadorvisualizador

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Bianca Duarte Narita, Arquiteta

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Email -- LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Dicas



© 2015. Renove Interiores - CNPJ 12.194.069/0001-82 Loja e Fábrica- Desenvolvido por Olímpio Comunicação
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 Email -- LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×